terça-feira, 10 de abril de 2012

Vigésima-Sétima Rosa - Benefícios

   

  Benefícios

   Para animar-lhe a abraçar esta devoção que muitas almas têm praticado, dar-lhe-ei mais razões. O Rosário rezado e meditado sobre os mistérios lhe traz os seguintes resultados maravilhosos:

- gradualmente nos eleva ao perfeito conhecimento de JESUS CRISTO;
- purifica nossas almas, lavando-as do pecado;
- dá-nos vitória sobre nossos inimigos;
- facilita nos praticar as virtudes;
- queima-nos com o fogo do amor por Nosso SENHOR;
- enriquece-nos de graças e méritos;
- supre-nos com o que é preciso para pagar nossas dívidas para com DEUS e para com nossos companheiros e, finalmente, obtém todas as espécies de graças de DEUS para nós.

   O conhecimento de JESUS CRISTO é a ciência dos cristãos e a ciência da salvação; São Paulo diz que ele supera a todas as ciências humanas em valor e perfeição (Filip 3,8). E isto é verdade:

   1- porque a dignidade de sua finalidade, que é DEUS-Homem, na presença de Quem o Universo todo não é mais que uma gota de orvalho ou um grão de areia;

   2- por sua utilidade para nós, já que as ciências humanas ao contrário, só nos enchem de ilusões e do vazio do orgulho;

   3- e, finalmente, por causa de sua utilidade intrínseca: pois ninguém jamais pode se salvar sem o conhecimento de JESUS CRISTO, e mesmo que um homem não saiba absolutamente nada das outras ciências ele será salvo desde que seja iluminado pela ciência de JESUS CRISTO.

   Abençoado o Rosário que nos dá a ciência e o conhecimento de Nosso SENHOR através de nossas meditações sobre Sua vida, morte, paixão e glória.

   A Rainha de Sabá, admirada ante a sabedoria de Salomão, exclamou: “Bem-aventurados os teus homens, e bem-aventurados os teus servos, que gozam sempre da tua presença, e que ouvem a tua sabedoria” (3 Rs 10,8). Mas muito mais felizes ainda são os fiéis que cuidadosamente meditam na vida, nas virtudes, sofrimento e glória de Nosso SALVADOR, pois por este meio eles poderão ganhar o perfeito conhecimento daquele que É a vida eterna. “Ora a vida eterna é esta” (Jo 17,3).

   Nossa Senhora revelou ao Bem-Aventurado Alano que tão logo São Domingos começou a pregar o Rosário que, mesmo os pecadores empedernidos foram tocados e choraram amargamente seus crimes. Até os pequenos realizaram incríveis penitências e, em todo lugar que ele pregou o Santo Rosário, surgiu tal fervor que os pecadores mudaram suas vidas e edificaram a todos com suas penitências e mudaram seu coração.

   Se você sente a sua consciência carregada de pecados, tome o Rosário e reze ao menos uma parte do mesmo, honrando alguns mistérios da vida, paixão ou glória de Nosso Senhor JESUS CRISTO, e esteja certo que, enquanto você estiver meditando sobre estes mistérios e honrando-os Ele mostrará Suas Santíssimas chagas ao Seu PAI nos Céus. Ele intercederá por você e obterá para você a contrição e perdão de seus pecados.

  Um dia Nosso SENHOR disse ao Bem-Aventurado Alano: “Se ao menos esses miseráveis pecadores rezassem frequentemente meu Rosário, participariam dos mistérios de minha Paixão e eu, como advogado seus, aplacaria a justiça de meu PAI!”

   Esta vida é nada mais que uma série de tentações, e que nós não temos que lutar contra inimigos de carne e do sangue, mas com poderes infernais. Que melhores armas podemos usar para combatê-los que a Oração ensinada por nosso próprio Chefe e a Saudação Angélica, que tem afugentado os demônios, destruído o pecado e renovado o Mundo? Que melhores armas poderíamos usar que a meditação da vida e paixão de Nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO? Pois, como São Pedro disse, é com esta arma que devemos nos armar a fim de nos defendermos a nós mesmos contra nossos muitos inimigos que Ele venceu e que nos molestam diariamente. (1 Pd 4,1)

  “Desde que o demônio foi esmagado pela humildade e paixão de JESUS CRISTO, apenas se atreve a atacar a uma pessoa que é armada com meditação nestes mistérios da vida de Nosso Senhor, e se realmente a ataca, é certo que será derrotado vergonhosamente.” (Card. Hugo)

  “Revesti-vos da armadura de Deus” (Ef 6,11) Então arme-se com as armaduras de DEUS, que é o Santo Rosário, e você esmagará a cabeça do diabo, podendo assim resistir todas as suas tentações. Eis o porquê de um só rosário material em si é algo terrível contra o diabo, e o porquê dos santos servirem-se dele a fim de acorrentar os demônios e expulsá-los dos corpos das pessoas que estavam possessas. Tais acontecimentos são relatados em mais de um atestado autêntico.

   O Bem-aventurado Alano disse que um homem que ele conhecia, tinha tentado todos os tipos de devoções a fim de se ver liberto de um espírito maligno que o possuía, mas sem sucesso. Finalmente, ele pensou em usar o Rosário em volta de seu pescoço, o que veio a aliviá-lo consideravelmente. Ele descobriu que sempre que se despia do Rosário, o demônio o atormentava cruelmente, então ele resolveu usá-lo dia e noite. Isto fez com o espírito maligno se afastasse para sempre, porque ele não podia suportar tão terrível corrente. O Bem-Aventurado Alano também testemunhou que ele tinha liberto grande número de pessoas que estavam possessas simplesmente colocando o Rosário em volta de seus pescoços.

    O Padre João Amat, da Ordem de São Domingos, estava dando em certo ano uma série de sermões sobre a Quaresma no Reino de Aragão, quando lhe foi trazida uma garota que estava possuída do demônio. Depois que ele a exorcizou várias vezes sem sucesso ele colocou o seu rosário em volta de seu pescoço. Tão logo começou a colocar, a garota começou a gritar e berrar espantosamente, dizendo: “Tire-as de mim! Tire-as de Mim! Estas contas estão me torturando!” Por fim o Padre, cheio de compaixão pela menina, tirou dela o seu Rosário.

   Na noite seguinte quando o Padre Amat estava já deitado, os mesmo demônios que tinha possuído a garota vieram a ele espumando de raiva e tentaram apossarem-se dele. Mas ele tinha o seu rosário em suas mãos e nada dos esforços que fizeram puderam tirar o rosário dele. Então começou a abater neles com o Rosário e os expulsou, dizendo: “Ave Maria, Nossa Senhora do Rosário, vinde em meu auxílio”.

   No próximo dia quando foi a Igreja, ele encontrou a pobre menina, ainda possessa e um dos demônios de dentro dela começou a rir e disse uma voz de zombaria: “Bem, Irmão, se você estivesse sem seu rosário, teríamos acabado com você!” Então o bom Padre, pôs seu rosário em volta do pescoço da menina sem perder tempo e disse: “Pelo santo nome de JESUS e pelo nome de Maria Sua Santa Mãe, e pelo poder do Santíssimo Rosário, eu vos comando, espíritos malignos, que deixem o corpo desta menina,” e eles foram imediatamente forçados a obedecer a ela foi liberta deles.

   Estes feitos mostram o poder do Santo Rosário ao vencer todas as tentações possíveis que os espíritos malignos possam trazer e também todos os tipos de pecado porque estas benditas contas põem os demônios a correr.

31º Capitulo - Extraído do Livro "O Segredo do Rosário" São Luiz M. Grignion de Montfort  

Nenhum comentário:

Postar um comentário