sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Quadragésima-Oitava Rosa - Perseverança




Perseverança

                Como quinto ponto, devo acrescentar a perseverança na oração. Só receberá, encontrará e entrará quem perseverar em pedir, procurar e bater.  Não basta pedir a DEUS certas graças para um mês, ou um ano, ou mesmo vinte anos; não podemos nos cansar de pedir. Devemos ser constantes no pedir até o momento de nossa morte, e mesmo nesta oração que mostra nossa confiança em DEUS, nós devemos unir o pensamento sobre a morte com o da perseverança e dizer: “Ainda que ele me matasse, nele esperarei” (Jó 13,15) e confiarei Nele para me dar tudo que necessito.

                Os ricos e proeminentes do Mundo mostram sua generosidade através da percepção do que as pessoas estão necessitando e assim concedem-lhes o que precisam, mesmo antes que eles o peçam. Por outro lado, a generosidade divina é mostrada quando Ele nos faz procurar e pedir, durante longo período de tempo, a graça que Ele deseja nos dar e em geral quanto mais preciosa a graça, mais tempo Ele levará para nos concedê-la. Há três razões para tal:

                1- A fim de poder aumentá-la;

                2- A fim de que quem a recebe a aprecie mais;

                3- A fim de que quem a recebe ponha muito cuidado para não perdê-la, pois as pessoas não apreciam as coisas que se podem obter com muita facilidade e com pouco esforço.

                Perseverem, pois, queridos confrades do Rosário, em pedir a DEUS Todo-Poderoso por todas as suas necessidades, ambas espirituais e corporais, através do Santíssimo Rosário. A maioria de vocês deve pedir à Divina Sabedoria qual seja o Tesouro infinito: (a sabedoria) é um tesouro infinito” (Sb 7,14) e não se pode ter dúvida alguma que mais cedo ou mais tarde você o receberá, conquanto que não deixe de pedi-lo e não desanime no meio do caminho. ”Porque te resta um longo caminho” (3 Rs 19,7). Isto quer dizer que resta ainda um longo caminho a percorrer, com muitas tempestades pela frente, dificuldades a serem superadas e muito a conquistar ante de se ter ajuntado bastantes tesouros para a eternidade, bastante PAI Nossos e Ave Marias com os quais você ganhará a sua entrada ao Céu e adquirirá a bela coroa que está à espera de cada membro fiel.

                “Guarda... para que ninguém tome a tua coroa”: (Ap 3,11) cuide para que a sua coroa não seja roubada por alguém que for mais fiel do que você em rezar o Santo Rosário. É a “tua coroa”, DEUS a escolheu para você e você já adquiriu metade dela por meio dos Rosários que já rezou bem. Infelizmente alguém pode chegar na sua frente nesta corrida, alguém que tenha se preparado melhor e que tenha sido mais fiel pode ganhar a coroa que deve ser sua, pagando-a com os Rosários e as boas obras. Tudo isto pode acontecer se você ficar parado na linda corrida, que você vinha correndo tão bem: Corríeis bem; quem vos impediu de obedecer à verdade? (Gl 5,7). Quem impediu você de obter a coroa do Rosário? Os inimigos do Santo Rosário que são muitos!

                Creia em mim, “o Reino dos Céus adquire-se à força” (Mt 11,12). Estas coroas não são para almas tímidas que têm medo dos insultos e ameaças do mundo, nem são para os preguiçosos e indolentes que rezam o Rosário com descuido, e com pressa, só para chegar ao fim. O mesmo é válido para as pessoas que o rezam de vem em quando, quando seus espíritos lhes levam a isto. Estas coroas não são para os covardes que se desanimam e rendem suas armas tão logo vêm o inferno se desencadear contra seus Rosários.

                Caro confrade, se você quer servir a JESUS e Maria através do Rosário, diariamente, você deve estar preparado para as tentações: “Quando entrares no serviço de DEUS... prepara tua alma para a tentação” (Ecl 2,1). Não tenha ilusão! Os hereges, os libertinos, as “pessoas de bem” segundo o mundo, as pessoas de devoção exterior e falsos profetas, em sintonia com sua natureza corrompida e os poderes infernais, farão guerra contra você numa batalha a fim de fazer com que você abandone esta prática santa.

                A fim de lhe dar mais armas contra os ataques deles, vou lhe dizer algumas coisas que estas pessoas costumam dizer e pensar, isto para lhe auxiliar a guardar-se deles, não digo de hereges e libertinos, mas das chamadas “pessoas de bem” segundo o mundo e as pessoas piedosas (por mais estranho que isto pareça) que não gostam desta prática.

                - “Que quer dizer este charlatão? (At 17,18) Vamos, oprimamos o justo, porque nos é molesto (Sb 2,12). Ou seja: Por que ele está rezando tantos Rosários? O que é que está rezando sempre? Que preguiça! E que desperdício de tempo ficar contando aquelas contas o tempo todo, seria muito melhor se estivesse trabalhando e não se preocupasse com estas bobagens. Eu sei do que estou falando...”

                - “O que você precisa fazer, e eu o aconselho é rezar o Rosário e uma fortuna cairá do Céu no seu colo! O Rosário lhe dará tudo que você precisa, sem que você mova um dedo!”

                Mas não é verdade o que se diz: “DEUS ajuda aos que se ajudam?” “Para que se complicar a vida com tantas orações?” “Uma oração curta penetra os Céus.” Um PAI Nosso e uma Ave Maria são mais suficientes se forem bem rezados.”

                - “DEUS nunca nos mandou rezar o Rosário, porém o Santo Rosário é ótima devoção quando se tem tempo para rezá-lo. Mas não pense nem um pouquinho que aqueles que rezam o Rosário têm mais certeza de para o Céu do que os que não o rezam. Basta observar os santos que nunca rezaram o Rosário! Ainda mais, há muita gente que quer fazer todos verem através de seus próprios olhos: pessoas que levam tudo ao extremo, pessoas escrupulosas que vêm o pecado em todas as coisas, que fazem declarações radicais sobre aqueles que não rezam o Rosário, dizendo que irão para o Inferno.”

                - “Ah, sim, o Rosário é muito bom para mulheres velhas que não podem ler. Mas, com certeza, não seria melhor rezar o Ofício de Nossa Senhora ou os Salmos Penitentes? E há algo mais belo que os salmos ditados pelo próprio ESPÍRITO SANTO? Você disse que iria rezar o Rosário todo dia; ah, isto é fogo de palha, você sabe muito bem que não vai durar nada! Não seria melhor se comprometer com menos e permanecer fiel nisto?”

                - “O que é isto meu amigo, escute o que estou dizendo, reze suas orações pela manhã e à noite, trabalhe duro e ofereça tudo a DEUS, Ele não quer mais do que isto. É claro que se você não tivesse que trabalhar para viver, eu não lhe diria nada, você poderia rezar quantos Rosários quisesse. Mas, por enquanto, reze-os nos domingos e dias santos, quando se tem bastante tempo de sobra, já que você precisa mesmo rezá-los.”

                - “Como? O que você está fazendo com estas contas enormes? Você se parece mais com uma mulher velha do que com um homem! Vi um tercinho só com uma dezena, e é tão bom quanto um de quinze dezenas. O que é que você esta fazendo, colocando-o na sua cintura, fanático é o que você é! Se você quer ser tão extremista, então use-o no pescoço, como os espanhóis o fazem! Eles carregam um enorme Rosário numa mão, e um punhal na outra.”

                - “Por favor, deixe estas devoções exteriores; a verdadeira devoção é do coração... etc... etc.”

                Igualmente, não muito poucas pessoas astutas e diplomadas poderão tentar dissuadi-lo a deixar de rezar o Rosário. Elas prefeririam aconselhá-lo a rezar os Sete Salmos Penitenciais ou alguma outra oração dizendo: se um bom confessor lhe ordenar que reze um Rosário diariamente por penitência, durante uma quinzena ou um mês, basta ir a um outro confessor para mudar sua penitência em outras orações, jejuns, Missas pelas Almas do Purgatório.

                Se você consultar certas pessoas no mundo que são guias espirituais, mas que nunca tentaram rezar o Rosário, elas não só irão dissuadi-lo como indicarão outras devoções como a de aprender contemplação, como se o Santo Rosário e contemplação fossem incompatíveis, e como se todos os santos que foram devotos do Rosário, não tivessem gozado das alturas da sublime contemplação.

                Seus inimigos mais próximos irão lhe atacar cruelmente, porque você esta muito perto deles. Estou lhe falando dos poderes de sua alma e dos seus sentidos corporais, ou seja, distrações da mente, cansaço e incerteza da vontade, secura de coração, exaustão e doença do corpo, tudo isto junto com o diabo irão lhe dizer: “Pare de rezar seu Rosário; isto é que está dando esta dor de cabeça! Desista; não há obrigações de rezá-lo sobre pena de pecado. Se você tem que rezá-lo, reze então parte dele; as dificuldades com que você vem se deparando são um sinal de que DEUS Todo-Poderoso quer que você o reze. Você pode terminar amanhã não quer que você o reze. Você pode terminar amanhã quando estiver se sentindo melhor, etc... etc.”

                Finalmente, caro Irmão, o Rosário Diário tem tantos inimigos que um dos grandes favores que DEUS nos concedeu é a graça da perseverança até a morte.

                Perseverar em rezá-lo e se você for fiel, você eventualmente obterá a coroa maravilhosa, que o espera no Céu: “Sê fiel até a morte eu te darei a coroa da vida” (Ap 2,10)

49º Capitulo - Extraído do Livro "O Segredo do Rosário" São Luiz M. Grignion de Montfort

Nenhum comentário:

Postar um comentário