segunda-feira, 9 de junho de 2014

Santo Ambrósio sobre o Fim dos Tempos




Disse Santo Ambrósio de Optina (1846)


Meus filhos, saibam que os últimos dias estão chegando; e como disse o Apóstolo, eles serão pobres em piedades, e heresias e cismas irão aparecer nas igrejas; e como disseram os Santos Padres, não haverá nos tronos dos Mosteiros hierarcas que não sofrerão testes e tentações na vida espiritual. Portanto, heresias irão se espalhar e enganar a muitos. O inimigo da humanidade irá atuar com esperteza, e se fosse possível, ele levaria à heresia até mesmo os escolhidos. Ele não começará negando os dogmas da Santíssima Trindade, a divindade de Jesus ou a Theotokos, mas começará a distorcer os ensinamentos dos Santos Padres, em outras palavras, o próprio ensinamento da Igreja.

A astúcia do inimigo e seus caminhos será conhecida por muito poucos - apenas aqueles que possuírem mais experiência na vida espiritual. Hereges irão dominar a Igreja, em todos os lugares, e irão nomear os seus servos, e a espiritualidade será negligenciada. Mas o Senhor não irá abandonar os Seus servos. Na verdade, o dever do inimigo é perseguir e prender os verdadeiros pastores, pois sem isso, o rebanho espiritual não poderá ser capturado pelos hereges.


Então, meu filho, quando você ver nas Igrejas o deboche dos atos Divinos, dos ensinamentos dos Santos, e da ordem estabelecida por Deus, saiba que os hereges já estarão presentes.
Também fiquem atentos por um tempo, pois eles irão esconder suas más intenções, ou poderão deformar a fé divina secretamente, para que tenham sucesso ao ludibriar e enganar os inexperientes.

Eles irão perseguir os pastores e os servos de Deus, pois o demônio que estará dirigindo a heresia não terá força para destruir a ordem Divina. Como lobos em pele de cordeiro, eles serão reconhecidos por suas vanglórias, amor pela cobiça e poder. Todos eles serão traidores, causarão ódio e malícia em todos os lugares, o Senhor disse que eles podem ser facilmente reconhecidos pelos seus frutos.

Nesta época, monges irão sofrer grande perseguições dos hereges, e a vida monástica será ridicularizada. As famílias monásticas serão empobrecidas, e o número de monges irá cair. Os que permanecer sofrerão violência. Estes inimigos da vida monástica, que terão apenas a aparência de humildade e piedade, irão lutar para levar os monges para o seu lado, prometendo-os proteção e coisas mundanas (conforto), mas ameaçarão com o exílio aqueles que não se submeter a eles. Com essas ameaças, os fracos de coração serão humilhados (atormentados).

Se você viver para ver este tempo, alegre-se, pois nesta época o fiel que não tiver nenhuma virtude receberá sua coroa apenas por permanecer na verdade, segundo a palavra do Senhor: "Quem, pois, me confessar diante dos homens, eu também o confessarei diante do meu Pai que está nos céus".



Tema ao Senhor, meu filho, e não perca essa coroa assim como os que foram rejeitados por Cristo e foram para as profundezas da escuridão do tormento eterno. Permaneça na verdade com bravura, e se necessário, sofra as perseguições e outras tribulações com alegria, pois apenas assim o Senhor permanecerá com você... e os santos mártires e confessores irão alegremente observar a sua luta.


Mas nestes dias, infeliz do monge que tiver posses e riquezas, e daqueles que, pela salvação de seu conforto, concordar se submeter aos hereges. Eles irão acalmar suas consciências dizendo: salvamos o Mosteiro, e o Senhor nos perdoará. Desafortunados e cegos, eles nem mesmo pensarão que por suas heresias os hereges entrarão no Mosteiro, e que ele não será mais um santo Mosteiro, mas de suas paredes a graça de Deus partirá para sempre.
Mas Deus é mais poderoso que o demônio, e Seus servos nuca serão abandonados. Sempre haverá verdadeiros Cristãos, até o fim dos tempos, mas eles irão escolher lugares solitários e desertos. Não tema as tribulações, mas tema a perniciosa heresia, pois ele afasta da Graça Divina, e nos separa de Cristo, pois Cristo nos mandou considerar e tratar o herege como um pagão e publicano.

E então, lute, meu filho, permaneça firme na Graça de Cristo Jesus. Com alegria, aumente sua confissão e aguente o sofrimento como um bom Soldado de Cristo, que disse: "Sejam fiéis até a morte, e eu os darei a cora da vida".

Um comentário: