terça-feira, 30 de setembro de 2014

Para divulgação: Instituto Nossa Senhora do Rosário.

Capela do Santo Rosário, Anápolis/GO
Esta congregação feminina é – segundo o Padre Jahir Britto, fundador da Familia Beatae Mariae Virginis, – a “versão feminina” da FBMV, com o diferencial de que 1- não são monjas e, 2- são voltadas particularmente para a educação da infância, em especial de meninas.
O fundador, o padre Fernando, até onde sei, amigo de muitos anos do padre Jahir, superior dos monges da Bahia, certamente criou uma obra de grande serventia para a formação destas futuras cristãs: tanto que a obra, para socorrer outros lugares com católicos tradicionais, já não está presente apenas em Anápolis, mas já tem uma fundação em Nova Friburgo/RJ: o colégio São Bento e Santa Escolástica.
Interior da Igreja do Santo Rosário, Anápolis/GO
Interior da Igreja do Santo Rosário, Anápolis/GO
Em busca de maiores detalhes para escrever esta matéria, fui ao site da FSSPX-Brasil, e percebi que o Instituto das irmãs rosarianas já não se encontra mais entre as suas comunidades amigas, e se ligarmos o fato de que as mesmas estão unidas aos beneditinos de Nova Friburgo no auxílio às almas locais, então me parece possível concluir que todas as comunidades religiosas amigas da FSSPX no Brasil romperam com a mesma, depois do espetáculo de deposição de armas de D. Fellay e da expulsão de Monsenhor Williamson.
É realmente uma pena, mas diante do liberalismo conciliar as posições devem ser claras, e é por falta de clareza que chegamos onde estamos. Mas Deus proverá! Não pretendo divagar mais sobre o assunto: voltemos ao tema!
Faltam-me dados precisos, mas segundo o blog Pale Ideas, até outubro de 2012 o instituto era composto por 27 religiosas, sendo 20 em Anápolis, vinculadas ao Colégio São José, e as demais em Nova Friburgo, atendendo numa escolinha vizinha do Mosteiro de Santa Cruz. No Colégio São José há por volta de 90 alunas. É uma escola localizada na zona rural, com bem razoável infra-estrutura e uma grande capela.
Enquanto isso, na jovem fundação de Nova Friburgo, os trabalhos de construção ainda avançam, devagar e sempre…
Colégio São Bento e Santa Escolástica, Nova Friburgo/RJ
Colégio São Bento e Santa Escolástica, Nova Friburgo/RJ
Ao que parece, faz parte dos projetos do fundador a construção de um internato para meninos em Anápolis. Em Nova Friburgo, ao que parece, o colégio é misto.
Mas além da função social e de formação religiosa, o grande destaque que se deve dar às irmãs é a reza diária do Rosário, assim como fazem os monges Marianos da Bahia.
Que a obra cresça segundo a vontade de Nosso Senhor. Que cresça de maneira discreta, humilde, e que cresçam em santidade todos os envolvidos: pais, alunos, benfeitores, o padre, as irmãs e as professoras graduadas externas.
É uma obra pia, não deixem de contribuir, segundo suas possibilidades. Deixo aqui algumas fotografias que encontrei no site do Mosteiro de Santa Cruz de Nova Firburgo/RJ e no blog Pale Ideas. Vale igualmente a pena passar a vista numa crônica de uma visita do padre Cardozo ao local.
Mais fotografias abaixo:
Padre Fernando
Padre Fernando
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Alunos de Nova Friburgo
DSC02569
Procissão no colégio São José
anapolis 2
As irmãs e as alunas no ginásio do colégio São José
Transporte escolar do colégio São José
Transporte escolar do colégio São José

Um comentário:

  1. A última foto, com a Kombi, são das alunas de Nova Friburgo, e não de Anápolis.

    ResponderExcluir