sexta-feira, 17 de outubro de 2014

- Diga-me Domingos, qual foi a coisa mais consoladora para ti, na hora da morte?

 Quando São João Bosco teve a aparição de São Domingos Sávio poucos dias depois que este havia morrido, quis fazer-lhe esta pergunta:

- Diga-me Domingos, qual foi a coisa mais consoladora para ti, na hora da morte?

- Dom Bosco, adivinhe?

- Talvez o pensamento de ter bem guardado o lírio da pureza?

- Não.

- Talvez o pensamento das penitências feitas durante a vida?

- Nem isso.

- Então terá sido a consciência tranquila… livre de todo o pecado?

- Este pensamento me fez bem; mas a coisa mais consoladora pra mim na hora da morte foi pensar que tinha sido devoto de Nossa Senhora! Diga-o aos seus jovens e recomende com insistência a devoção a Nossa Senhora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário