sexta-feira, 1 de maio de 2015

MAIO COM MARIA: Dia 01 - Maria é Rainha

Salve, Rainha, Mãe de Misericórdia!

Velázquez - Coroação da Virgem (Museu do Prado, 1645)
Tendo sido a Santíssima Virgem elevada à dignidade de Mãe de Deus, com justa razão a Santa Igreja a honra, e quer que de todos seja honrada com o título glorioso de Rainha. Se o Filho é Rei, diz Pseudo-Atanásio, justamente a Mãe deve considerar-se e chamar-se Rainha. Desde o momento em que Maria aceitou ser Mãe do Verbo Eterno, diz S. Bernardino de Sena, mereceu tornar-se Rainha do mundo e de todas as criaturas. Se a carne de Maria, conclui Arnoldo, abade, não foi diversa da de Jesus, como, pois, da monarquia do Filho pode ser separada a Mãe? Por isso deve julgar-se que a glória do reino não só é comum entre a Mãe e o Filho, mas também que é a mesma para ambos.


Se Jesus é Rei do universo, do universo também é Maria Rainha, escreve Roberto, abade. De modo que, na frase de S. Bernardino de Sena, quantas são as criaturas que servem a Deus, tantas também devem servir a Maria. Por conseguinte estão sujeitos ao domínio de Maria os anjos, os homens e todas as coisas do céu e da terra, porque tudo está também sujeito ao império de Deus. Eis por que Guerrico abade lhe dirige estas palavras: Continuai, pois, a dominar com toda a confiança: disponde a vosso arbítrio dos bens de vosso Filho; pois, sendo Mãe e Esposa do Rei dos reis, pertence-vos como Rainha o reino e o domínio sobre todas as criaturas.

(Livro: Glórias de Maria - Santo Afonso Maria de Ligório)

Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário