domingo, 1 de novembro de 2015

O esgoto do inferno (Conversas ilícitas) - São João Maria Vianney

“Existe ainda uma outra forma de injustiça que é tanto mais lamentável na medida em que é mais comum, e que é o falar licencioso.
Não há nada mais abominável, meus queridos irmãos, nada mais horrível do que essa conversa. Na verdade, meus filhos, que poderia ser mais fora de sintonia com a santidade de nossa religião do que a linguagem impura? Ele insulta a Deus, escandaliza o nosso vizinho.
O cristão pode realmente se dar ao luxo de ocupar sua mente com essas imagens horríveis? Um cristão que é o templo do Espírito Santo, um cristão que foi santificado pelo contato com o corpo mais adorável e Precioso Sangue de Jesus Cristo?
Oh, Senhor, se tivéssemos uma pequena ideia do que fazemos quando nós cometemos esse pecado! Se nosso Senhor nos ensinou que podemos julgar a árvore pelos seus frutos, você pode julgar depois de ouvir a conversa de certas pessoas o que deve ser a corrupção de seus corações; e ainda essa corrupção é muito comumente encontrado.
Que tipo de conversa que você ouve entre os jovens? Existe alguma coisa em suas bocas além desse tipo de conversa solta?
O que faz a conversa voltar-se contra, mesmo entre as pessoas idosas?
Eles não estão tentando fazer um bom nome para si ao ver quem pode ser o mais escandaloso?

Suas bocas são como esgoto, que o inferno faz uso, para vomitar suas imundícies e suas impurezas sobre a terra e arrastar as almas para baixo em suas profundezas. Que fazem esses maus cristãos, ou melhor, esses emissários das regiões inferiores?

Oh, Deus grande, quem não iria tremer com o pensamento do julgamento que Deus vai fazer de tudo isso! Se, como o próprio Jesus Cristo nos diz, nem uma única palavra ociosa será impune, infelizmente! Qual será a punição para essas conversas licenciosas, esses temas indecentes, estas imagens vergonhosas e horríveis, que fazem o cabelo ficar em pé? Você pode imaginar quão cegas e pobres essas pessoas infelizes são, se apenas ouvi-las falar depois desta forma: “Eu não tive a intenção ruim”, eles vão te dizer, “era apenas para um riso; essas coisas são apenas ninharias, sem valor, que não significam nada. ”
É isso mesmo, meus queridos irmãos? Um pecado tão horrível aos olhos de Deus, que o sacrilégio sozinho supera o mal! Esta é uma ninharia para você?

Não, são os corações que são destruídos e corrompidos! Não! Não! Ninguém pode se dar ao luxo de rir ou fazer piada sobre algo do qual devemos correr de tanto horror, como se alguma besta estivesse em busca de querer nos devorar.

Além disso, meus queridos irmãos, o que é um crime, é gostar de algo que Deus quer que nós detestemos com todos os nossos corações!
Você pode me dizer que não tinha más intenções, mas diga-me se esta ferramenta, também infeliz e miserável do Inferno, que usa sobre aqueles que estão te ouvindo – você acha que eles têm menos maus pensamentos e desejos criminosos depois que eles ouviram você? Será que a sua intenção inofensiva não ficará no funcionamento de suas imaginações e em seus corações?
Seja honesto e me diga que você é, de fato, a causa da perda e condenação eterna de suas almas! Quantas almas são lançadas no Inferno por causa deste pecado?
O Espírito Santo nos diz que este pecado feio da impureza cobriu toda a superfície da terra.”
_____________________________________
Fonte: judamore.blogspot.com.br


São João Maria Vianney.

Fonte:

Nenhum comentário:

Postar um comentário