terça-feira, 29 de março de 2016

São João Bosco e a Modéstia nas vestimentas

Dom Bosco recusou entrar em uma casa onde tinha sido convidado, pois quando ao entrar encontrou com umas senhoras com os braços cobertos só até a metade.


Neste texto Dom Bosco nos ensina a perfeita modéstia com o seu exemplo.

----------------------------------

Em 1855, noutra circunstancia, deu a conhecer sua intransigência para com algumas senhoras.

Era D. Bosco esperado por uma certa Marquesa, benfeitora assídua dos seus jovens, a qual para acolher a Dom Bosco convidara numerosas amigas. Muitas senhoras luxuosamente vestidas acorreram logo, ansiosa; por se entreter com D. Bosco. Duas dentre estas foram receber D. Bosco; mal este pusera o pé no vestíbulo da entrada, estavam um tanto decotadas e com os braços cobertos só até a metade.

Logo que as viu, o santo sacerdote abaixou os olhos e disse:

- Desculpem-me, enganei-me, julgava entrar numa casa e penetrei noutra. Assim dizendo dispôs-se a sair.

- Não, D. Bosco, o senhor não se enganou, é justamente aqui que o aguardamos.

- Não, replicou o santo, não pode ser. 

Eu estava certo de que na casa para a qual me convidaram um padre pudesse entrar livremente. Tenho pena das senhoras, porém, pois a moda as faz empregar tanta seda na cauda do vestido que depois fica faltando para cobrir os braços. E Dom Bosco continuou a se afastar.

Percebendo então as senhoras que que estavam faltando contra a modéstia enrubeceram e cheias de confusão foram buscar algum chale que as cobrisse. Assim vestidas voltaram rogando a D.Bosco que já se achava na escada, que as perdoasse e fizesse o favor de voltar.

- Agora sim respondeu D. Bosco sorrindo, assim está bem.

Assim foi D. Bosco homenageado por todos os convivas e as duas senhoras não tiraram aquelas vestes improvisadas durante todo o tempo do almoço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário