quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Não há verdadeira vitória sem vida de oração



Nesta vida, achamo-nos em uma guerra contínua e para nos salvar temos que combater e vencer. “Sem ter vencido, ninguém poderá ser coroado”

Deus quer salvar-nos. Entretanto, quer nos salvar como vencedores.
Estando, pois, nesta vida, achamo-nos em uma guerra contínua e para nos salvar temos que combater e vencer.
“Sem ter vencido, ninguém poderá ser coroado”, diz S. João Crisóstomo.
Somos muito fracos e os inimigos, numerosos e fortes.
Como enfrentá-los e vencê-los?
Tenhamos coragem e digamos com o Apóstolo: “Tudo posso nAquele que me conforta” (Fl 4,13). Tudo poderemos com a oração, por meio da qual Deus nos dará o que não temos.

Convites à oração

“Vinde a mim todos os que trabalhais e vos achais carregados e eu vos aliviarei” (Mt 11, 28). Pobres filhos meus, diz o Salvador, que vos achais perseguidos por vossos inimigos c acabrunhados com o peso de vossos pecados, não vos abandone a coragem, recorrei a mim pela oração e eu vos darei forças para resistir e refazer-vos de todas as desgraças. Em outro lugar, diz, por boca de Isaías “Vinde e arguí-me, diz. o Senhor; se os vossos pecados forem como escarlate, tornar-se-ão brancos como a neve” (Is 1, 18). Homens, diz ele, recorrei a mim e ainda quando tiverdes a consciência assaz manchada, não deixeis de vir. Permito até que me acuseis, por assim dizer, se recorrendo a mim não vos fizer, por minha graça, brancos como a neve.

Que é oração?

Ouçamos São João Crisóstomo: ” A oração é âncora para os flutuantes, tesouro para os pobres, remédio para os doentes e preservativo para os sãos”. A oração c uma âncora segura para quem está em perigo de naufragar, é um tesouro imenso de riquezas para quem é pobre, é um remédio eficassíssimo para os enfermos e um fortificante certo para nossa saúde.

Que faz a oração ?

Ouçamos São Lourenço Justiniano: ”A oração aplaca a ira de Deus, porquanto Deus perdoa logo a quem com humildade lhe pede; concede todas as graças pedidas, vence todas as forças do inimigo; em resumo, transforma os cegos em iluminados, os fracos em fortes, os pecadores em santos”.
Quem necessita de luz, peça a Deus e lhe será dada. Logo que recorri a Deus, diz Salomão, deu-me a sabedoria: “Invoquei e veio sobre mim o espírito da sabedoria” (Sb 7, 7). Quem precisar de fortaleza, invoque a Deus e ser-lhe-á dada: logo que abri a boca para pedir, disse Davi, recebi o auxílio do Senhor: “Abri a boca e atraí o alento” (SI 118, 134). E se os santos mártires resistiram tão corajosa e constantemente aos tiranos, não foi a oração que lhes deu força e vigor para suportar os tormentos e a morte?

Confiai e rezai! Deus virá em vosso auxilio

Quem se vale da oração, desta grande arma, diz São Pedro Crisólogo, ignora a morte, deixa a terra, entra no céu e vive com Deus. Não cai em pecado, perde o apego às coisas da terra, entra no céu e já nesta vida começa a gozar da presença de Deus.
Quem reza, certamente se salva. Quem não reza, certamente será condenado. Todos os bem-aventurados, exceto as crianças, salvaram-se pela oração. Todos os condenados ser perderam, porque não rezaram. Se tivessem rezado, não se teriam perdido. E este é e será o maior desespero no inferno: o poder ter alcançado a salvação com facilidade, pedindo a Deus as graças necessárias. E, agora, esses miseráveis não têm mais tempo de rezar.
___
Fonte: Sto. Afonso Maria de Ligório. A Oração. pp. 42-47 . 19.ª ed. Editora Santuário.

Um comentário:

  1. Lei ão povo de Deus. estamos nos fins dos tempo, precisamos muito de Deus e seu filho Jesus,

    ResponderExcluir