sábado, 12 de novembro de 2016

11 coisas que realmente fazem bela uma mulher

Ser sexy é o mesmo que ser bonita? O que é realmente belo em uma mulher?

Tradução Sensus fidei: Em muitos casos, o conceito de beleza foi reduzido para o aspecto exterior, físico; boa aparência, ser bem preparada, maquiada, estar de acordo com a moda, ter medidas perfeitas… e dessa maneira, tão tristemente, foi se afastando de seu verdadeiro significado, daquela beleza que vem da alma e brota do coração.
Ser sexy é o mesmo que ser bonita? O que é realmente belo em uma mulher? Se ficamos somente com a beleza exterior nos damos conta de que essa beleza passará em algum momento. Chegará um dia em que envelheceremos. A beleza de uma mulher não envelhece com o tempo e suas rugas. Não se reduz somente a sua aparência física. É muito mais do que isso.
Onde você é mais bela? Você é mais bonita no interior. Naquilo que faz você distinta, especial e diferente das demais. A beleza, desde a antiguidade tem sido relacionada com a bondade, a generosidade. Ao longo da história, a mulher levantou muitas reflexões entre o Bem e o Belo. Assim, os gregos cunharam a palavra “kalokagathia” que significa beleza-bondade. Platão dizia: “O poder do Bem refugiou-se na natureza do Belo”.
Vejamos, portanto, 11 características que fazem uma mulher verdadeiramente bela.
  1. O entusiasmo, alegria e exuberância de menina que a fazem tão próxima dos pequeninos.
Deixa fluir sem medo e com liberdade aquela ternura e simplicidade que brotam da alma. Deixa de fora a inocência de sua criança interior. É uma pessoa livre, capaz de se alegrar e surpreender-se como fazem as crianças. De se alegrar com o simples e valorizar o essencial de cada coisa.
  1. Sua amizade autêntica, livre, fiel e quase maternal a faz preocupar com os demais.
É uma verdadeira amiga. Protege seus amigos, preocupa-se com eles e sempre busca o bem deles. Sua feminilidade e amor maternal se expressam nesta abertura serviçal para com os outros, essa capacidade de compreender e de se sacrificar em qualquer situação.
  1. Sua naturalidade que não busca holofotes
Não se preocupa em ser o centro das atenções e por isso mesmo é. Sua humildade exalta a sua beleza. Sua naturalidade demonstra sua simplicidade. Seu comportamento é o reflexo de sua alma. Não tem que fazer muitos esforços por mostra-la porque ela sozinha reflete e chama a atenção dos demais.
  1. Sua forma de falar mas, sobretudo, de escutar
Sabe se colocar no lugar dos outros, é simpática e se preocupa em escutá-los. Sabe dar conselhos na hora certa e ficar em silêncio quando também é conveniente. As pessoas lhe creditam confiança porque demonstra interesse por cada um.
  1. É forte e confiante, porque sabe que age com retidão.
Sabe agir com retidão. Não tem medo de se mostrar como é e no que crê, pois sabe muito bem o que há em seu interior. As decisões que toma em sua vida estão baseadas em sua identidade mais profunda e por isso, embora algumas vezes se engane, tem a certeza de ter procurado fazer o certo.
  1. O mistério feminino de seus pensamentos e gestos.
Age com respeito e elegância. Sabe transmitir silêncio e paz com seus gestos e com sua maneira de falar. É uma pessoa amável e interessante. Em tudo isso a sua feminilidade se manifesta. Delicada, silenciosa e reverente.
  1. Abertura e acolhida no encontro com os outros.
Trata as pessoas com bondade e sabe reconhecer neles o melhor de cada um. Acolhedora, as pessoas se sentem confortáveis quando se aproximam, porque sabem que em seu coração há espaço para cada uma delas.
  1. Não usa máscaras ou poses. É autêntica.
Acredita em si mesma e sabe que não precisa fingir ser alguém que não é. Age com transparência e honestidade. É sincera e mostra livremente o que pensa e sente; sempre com prudência, mas nunca escondendo quem é.
  1. Seus olhos são as janelas de sua alma.
Os olhos são o espelho de sua alma, são a porta aberta para a bondade, a profundidade e o amor que há em seu coração. Resguarda o seu olhar de coisas que mancham e, em tudo, procura ver a realidade através dos olhos de Deus.
  1. Essa característica é única, ninguém mais tem porque é única e irrepetível.
Conhece os seus dons e os põe a serviço dos outros. Conhece o seu mundo interior e isso a torna bela. Esse mundo interior tem um tom de mistério que faz com que os outros queiram conhecê-la e se aventurar a conhecer esse seu mundo interior também.
  1. E a última e mais importante de todas… O seu mundo interior é forte. Fruto de seu relacionamento com Deus.
É realmente bela quando refle em seus gestos, palavras e ações a imagem de Deus que traz em si mesma. Sua vida em tudo busca ter o Senhor como fundamento. Procura fazer com que brilhe o Espírito que está vivo e atuante em seu interior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário