segunda-feira, 27 de março de 2017

QUANDO É QUE SOU DEVOTO DE NOSSA SENHORA?


É, sem dúvida, imensa a felicidade daqueles que são verdadeiros devotos da Mãe de Deus. Pois viverão
sempre felizes. Receberão todas as graças e bênçãos celestiais. E depois da morte terão o lindo Céu como recompensa.
Vejamos o que faz o devoto de Maria.
1) Antes de tudo ele procura conhecer bem a vida e as virtudes de sua Mãe. Há de ler livros que falam do poder, da grandeza e da bondade dela.  Não é possível que haja quem não conheça de perto e a fundo o extraordinário prodígio que é a Mãe de Jesus.
2) O devoto da Virgem Imaculada recorre muitas vezes a ela. Conversa familiarmente com sua Mãe como o bom filho faz com sua mãe terrena. Confia a ela suas mágoas, seus aborrecimentos, suas dúvidas e receios, na certeza sempre de que ela se interessa por ele e o ajude. Nossa Senhora gosta  de que confiemos cegamente nela e que lhe peçamos muitas graças.
3) O devoto de Maria gosta  de visitá-la nas igrejas e Santuários. Aprecia suas imagens. Faz romarias aos lugares onde atende com mais facilidade e às vezes maravilhosamente.
4) Aquele que ama a Maria, conhece as principais festas marianas, e se prepara bem para elas com orações especiais, mortificações e novenas.
5) O devoto da Virgem traz com devoção ao menos uma medalha com sua efíge; inscreve-se em confrarias marianas. Procura receber o escapulário de Nossa Senhora do Carmo e traze-lo com todo fervor.
6) O devoto da Imaculada agradece não ter sido abandonado, apesar de muitas ingratidões. Agradece os numerosos benefícios obtidos por ela. (Todas as graças, que temos recebido, passaram pelas mãos maternais de Maria).
7) Gostará de rezar o terço, oração predileta da Rainha do Santo Rosário. Cantará com prazer cânticos marianos e apreciará tudo o que se refere à Mãe Celestial.
8) Quem ama, de fato, a Maria entregar-se-á totalmente a ela com uma consagração irrevogável. Fará tudo para agradar-lhe. Alegrar-se-á por sabe-la tão grande, tão poderosa, tão bela e tão feliz. Dirá muitas vezes: “Maria, sou vosso e vosso quero ser sempre!”
9) O devoto de Maria procurará evitar tudo o que a possa ofender e o que possa ofender seu filho Jesus.
10) Por fim, e isto é o essencial, o devoto da Virgem procurará imita-la. Procurará copiar suas virtudes; ser semelhante a ela à medida de suas forças.
Quanto mais agradáveis formos a Maria, tanto mais alegraremos o coração de Nosso Senhor.
Considere-se o verdadeiro devoto da Mãe de Deus muito feliz, depois terá todos os auxílios necessários e abundantes neste mundo e a glória celestial no outro.
Como Maria Santíssima é boa! – Frei Cancio Berri C. F. M

Nenhum comentário:

Postar um comentário