sexta-feira, 19 de maio de 2017

Máximas e Pensamentos de Sto. Agostinho - SOBRE DEUS


“Quereis ter o coração reto? Fazei o que Deus quer e não desejeis que Ele faça o que vós quereis”



Pe. Júlio Barteris (*) — FSSPX, Capela S. Pio X, Calendário Litúrgico: Quantas vezes tereis desejado o ouro sem poder talvez consegui-lo! Desejai a Deus, e o possuireis com certeza. (Conc. 2 de 2 parte ps. 32).
A Deus não falta bem algum, Ele mesmo é o soberano bem; d’Ele igualmente procedem todos os bens. (Cap. 2 de 2 parte ps. 66).
Além das coisas que Deus indistintamente concede aos bons e aos maus, há uma que só reserva aos bons. Que lhes reserva? Ele próprio. (In ps. 72).
Quem espera de Deus um prêmio, e não quer, entretanto servir a Deus tem maior estima por esse prêmio, do que pelo próprio Deus de quem o espera. Não se pode então pedir nenhuma recompensa a Deus? Nenhuma, a não ser Ele próprio. A recompensa de Deus é Deus mesmo. (In ps. 72).
Não pode acontecer que Deus puna a obra de suas mãos. Pune o mal que fazeis, para livrar a sua obra. (In ps. 91).
Deus não me satisfaria plenamente, se não me prometesse a posse de Si mesmo. (Serm. 16).
Como ninguém pode tirar-nos os dons de Deus, só a Ele devemos temer. (In ps. 15).
Que obra de Deus poderá contentar-vos, se Ele próprio não vos pode satisfazer? (In ps. 31).
Deus não exige de vós mais do que vos deu. (In ps. 36).
Os homens queixam-se dos castigos de Deus, mas não detestam a causa do castigo. (In ps. 37).
Deus se nos dará a Si mesmo em herança; nós o possuiremos e seremos d’Ele por toda a eternidade. (In ps. 62).
Temei a Deus, e nada tereis que recear dos homens. (In ps. 63).
Quereis ter o coração reto? Fazei o que Deus quer e não desejeis que Ele faça o que vós quereis. (In ps. 124).
Vida de S. Agostinho. P. Júlio Barteris.

Nenhum comentário:

Postar um comentário