sexta-feira, 11 de maio de 2018

E se é verdade que poucos são salvos, é porque são poucos os que vivem bem


"Qual é a utilidade de saber se poucos ou muitos são salvos? 

São Pedro nos diz: "Esforce-se por boas obras para assegurar-se que será escolhido".

Quando a irmã de São Tomás de Aquino lhe perguntou o que ela devia fazer para ir para o céu, ele disse: "Você será salva se você quiser ser." 

Eu digo a mesma coisa para você, e aqui está a prova de minha declaração.Ninguém é condenado a não ser que cometa o pecado mortal: que é da fé. 

E ninguém comete o pecado mortal a menos que queira: que é uma proposta teológica inegável. 

Portanto, ninguém vai para o inferno, a menos que queira; a consequência é óbvia. Será que isso não é suficiente para te confortar? 

Chore por pecados do passado, 
- Faça uma boa confissão
Não peques mais no futuro, e todos vocês serão salvos. 

Por que atormentarem-se assim? Pois é certo que:
- vocês têm que cometer o pecado mortal para ir para o inferno, e
- que para se cometer pecado mortal é preciso querer, e que, consequentemente,
ninguém vai para o inferno, a menos que queira. 

Isto não é apenas uma opinião, é uma verdade inegável e muito reconfortante; que Deus lhe dê o entendimento, e que Ele o abençoe. Amém."



Excerto do "O pequeno número dos que são salvos"

por São Leonardo de Porto Maurício

Nenhum comentário:

Postar um comentário