terça-feira, 26 de março de 2019

Catecismo Ilustrado - Parte 51 - 10º Mandamento de Deus: Não cobiçar as coisas alheias



Catecismo Ilustrado - Parte 51

Os Mandamentos

10º Mandamento de Deus: Não cobiçar as coisas alheias

1. Neste mandamento Deus proíbe-nos desejar os bens do próximo com dano do mesmo.

2. A concupiscência da riqueza e dos bens da fortuna causa-nos dano, fazendo crer honesto e bom, ainda que o não seja, tudo aquilo que desejamos.

3. Os que mais pecam contra este mandamento são: 1º os jogadores que esperam ganhar no jogo; 2º os comerciantes que desejam a carestia para vende por mais alto preço; 3º os advogados que desejam muitas causas para ganhar com elas.

4. Este mandamento ordena: 1º o desapego dos bens do mundo; 2º a lembrança dos necessitados; 3º a paciência na pobreza; 4º a perfeita submissão à vontade de Deus.

5. Assim fala Nosso Senhor a esse respeito no Evangelho: “Havia um homem rico que se vestia de púrpura e de linho fino e todos os dias se banqueteava esplendidamente. Havia também um mendigo, chamado Lázaro, que, coberto de chagas, estava deitado à sua porta, desejando saciar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico, e até os cães vinham lamber-lhe as chagas. Sucedeu morrer o mendigo, e foi levado pelos anjos ao seio de Abraão. Morreu também o rico, e foi sepultado. Quando estava nos tormentos do inferno, levantando os olhos, viu ai longe Abraão e Lázaro no seu seio. Então exclamou: Pai Abraão, compadece-te de mim, e manda Lázaro que molhe em água a ponta do teu dedo para refrescar minha língua, pois sou atormentado nestas chamas. Abraão disse-lhe: Filho, lembra-te que recebeste os teus bens em vida, e Lázaro, ao contrário, recebeu males; agora é ele aqui consolado e tu és atormentado. Além, disso, há entre nós e vós um grande abismo; de maneira que os que querem passar daqui para vós não podem, nem os daí podem passar para nós. O rico disse: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à minha casa paterna, pois tenho cinco irmãos, para que os advirta disto, e não suceda virem também eles parar a este lugar de tormentos. Abraão disse-lhe: Tem Moisés e os profetas; ouçam-nos. Ele, porém, disse; Não basta isso, pai Abraão, mas se alguém do reino dos mortos for ter com eles, farão penitência. Ele disse-lhe: Se não ouvem Moisés e os profetas, também não acreditarão, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos”. (Lucas XVI, 19-31) Também disse Jesus aos Seus discípulos: “Portanto digo-vos: Não vos preocupeis com o que é preciso para a vossa vida, com o que haveis de comer, nem com o que é preciso vestir o vosso corpo. A vida vale mais que o alimento e o corpo mais que o vestido. Considerai os corvos, que não semeiam, nem ceifam, nem tem despensa, nem celeiro, e Deus, contudo, sustenta-os. Quanto mais valeis vós do que eles? Qual de vós, por muito que pense, pode acrescentar um cevado à duração da sua vida? Se vós, pois, não podeis fazer o que é mínimo, porque estais em cuidado sobre o resto? Considerai como crescem os lírios; não trabalham, nem fiam; contudo, digo-vos que nem Salomão, com toda a sua glória, se vestia como um deles. Se, pois, a erva que hoje está no campo e amanhã se lança no forno, Deus assim a veste, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Vós, pois, não procureis o que haveis de comer ou beber; não andeis com o espírito preocupado. Porque são os homens do mundo que buscam todas estas coisas. Mas o vosso Pai sabe que tendes necessidade delas. Buscai, pois, em primeiro lugar, o Reino de Deus, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo. Não temias, ó pequenino rebanho, porque foi do agrado do vosso Pai dar-vos o Reino. Vendei o que possuís e dai esmola; fazei para vós bolsas que não envelhecem, um tesouro inesgotável no Céu, onde não chega o ladrão, nem a traça corrói. Porque onde está o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”. (Lucas XII, 22-31)

Explicação da gravura

1º Castigo de Heliodoro, que tentava roubar o tesouro do templo de Jerusalém. 2º O rei Acab querendo obrigar Naboth a ceder-lhe a sua vinha. 3º Santo Eloi que, com o ouro que lhe dera o rei, fez dois tronos em vez de um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário