quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Como se proteger dos ataques iniciais do demônio






Os conselhos do padre Lorenzo Scupoli são antigos, porém muito eficazes

Em sua primeira carta, São Pedro diz que temos de ser vigilantes e conscientes da batalha espiritual que nos cerca por todos os lados: 
“Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar.Resisti-lhe fortes na fé. Vós sabeis que os vossos irmãos, que estão espalhados pelo mundo, sofrem os mesmos padecimentos que vós” (1 Pedro 5,8-9). 
Essa é uma verdade da qual muitas vezes nos esquecemos, pois normalmente não vemos o inimigo da nossa alma com nossos olhos. No entanto, só porque não conseguimos vê-lo, isso não significa que o poder que o diabo pode ter em nossas vidas seja reduzido.
O padre italiano Lorenzo Scupoli deu sua opinião sobre como defender-se do diabo em seu clássico “O Combate Espiritual”, publicado em 1589. Ele sugere que a chave está em avaliar como nos vemos. Confira: 
  1. O maior meio utilizado pelo maligno para roubar as nossas almas é a nossa própria vaidade e nosso amor-próprio;
  2. O segredo para derrotá-lo é manter-se profundamente entrincheirado na santa humildade e nunca abandoná-la;
  3. Se não tentarmos nos disciplinar, nós nos abandonaremos ao espírito orgulhoso para quem não somos páreo;
  4. Não é suficiente que só vigiemos; nós também temos que rezar. Pois foi dito que devemos vigiar e orar;
  5. Não permitamos que nossas mentes fiquem aflitas ou perturbadas de qualquer forma;
  6. A alma humilde e pacífica faz tudo com uma facilidade que salta sobre os obstáculos com graça e facilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário