segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Décima-Sexta Rosa - A Ave Maria e Sua Beleza







A Ave Maria e Sua Beleza

Mesmo não havendo nada tão excelso quando a majestade de DEUS e nada tão desprezível quanto o homem enquanto pecador, DEUS Todo-Poderoso, não despreza as nossas pobres orações. Ao contrário, ELE Se agrada quando cantamos Seus louvores.

A saudação de São Gabriel a Nossa Senhora é um dos cânticos mais bonitos que podemos cantar à glória do Altíssimo. “Eu te cantarei um cântico novo” (Sl 143,9). Este novo cântico, que Davi previu e que deveria ser cantado na vinda do Messias, é precisamente a Saudação Angélica.

Há um cântico antigo e um novo cântico: o antigo é o que os judeus cantaram em gratidão a DEUS por tê-los criado, sustentado sua existência e tê-los livrado do cativeiro, guiando-os salvos pelo Mar Vermelho, dando-lhes o maná para comer e por todas as outras bênçãos.

O novo cântico é o que os cristãos cantam em ação de graças por todas as graças da Encarnação e da Redenção. Como estas maravilhas foram trazidas pela Saudação Angélica, então nós a repetimos a fim de agradecer à SANTÍSSIMA TRINDADE, por sua bondade imensurável para conosco.

Nós louvamos a DEUS PAI porque Ele amou o Mundo de tal maneira que nos deus Seu FILHO Unigênito como SALVADOR. Nós bendizemos o FILHO porque Ele se dignou a deixar o Céu e vir à Terra, porque Ele se fez homem. Nós glorificamos o ESPÍRITO SANTO porque Ele formou o Corpo puro de Nosso SENHOR no Ventre de Nossa Senhora, este Corpo que se tornou Vítima por nossos pecados. Neste espírito de profunda gratidão devemos, pois, sempre rezar as Ave Marias, proclamando atos de Fé, Esperança, Caridade e ações de graças por este dom inestimável da salvação.

Apesar deste novo cântico ser em honra à Mãe de Deus e ser cantado diretamente a ela, indubitavelmente é muito glorioso à SANTÍSSIMA TRINDADE porque os louvores com que honramos a Nossa Senhora inevitavelmente dirigem-se a DEUS que é a causa de todas as suas virtudes e perfeições. Quando nós honramos a Nossa Senhora: DEUS PAI é glorificado pois estamos honrando a mais perfeita de suas criaturas; DEUS FILHO é glorificado pois estamos louvando Sua puríssima Mãe, e DEUS ESPÍRITO SANTO é glorificado pois ficamos, profundamente, em admiração meditando nas graças com as quais Ele cobriu Sua Esposa.

Quando louvamos e bendizemos Nossa Senhora ao rezarmos a Saudação Angélica (Ave Maria), ela sempre passa estes louvores ao DEUS Todo-Poderoso da mesma maneira que ela fez quando foi exaltada por Santa Isabel. Santa Isabel bendisse por sua elevadíssima dignidade como Mãe de Deus e Nossa Senhora imediatamente deu louvores a DEUS através do seu lindo Magnificat.
Assim como a Saudação Angélica glorifica a SANTÍSSIMA TRINDADE, é também augustíssimo o louvor que damos à Nossa Senhora.

Um dia quando Santa Mechtilde estava orando e desejava saber qual era o melhor meio para testemunhar sua terna devoção à Mãe de Deus, ela foi arrebatada em êxtase. Nossa Senhora lhe apareceu com a Saudação Angélica em letras de ouro reluzente sobre seu peito e lhe disse: “Minha filha, quero que saibas que não há para mim nada mais agradável que a saudação que a SANTÍSSIMA TRINDADE me enviou e pela qual Ele me elevou à dignidade de Mãe de Deus.

Pela palavra Ave, eu aprendi que em Seu Poder infinito DEUS me preservou de todo o pecado e das consequentes misérias com as quais a primeira mulher se viu sujeita.

O nome Maria que quer dizer “Senhora da Luz” mostra que DEUS me preencheu com sabedoria e luz, como uma estrela brilhante, para iluminar os Céus e a Terra.

As palavras cheia de graça me lembram que o ESPÍRITO SANTO me encheu de graças e me capacitou distribuí-las em abundância àqueles que as pedem através de mim como Mediadora.

“Quando os fiéis rezam O SENHOR é convosco, eles renovam a alegria indescritível que tive quando O VERBO ETERNO se tornou carne em meu ventre”.

“Quando você reza bendita sois vós entre as mulheres, louvo a misericórdia divina de DEUS Todo-Poderoso que me elevou a este excelso plano de felicidade.

E nas palavras bendito é o fruto do vosso ventre, JESUS, todo o Céu se alegra comigo ao ver meu FILHO JESUS CRISTO adorado e glorificado por ter salvo a humanidade.”


20º Capitulo - Extraído do Livro "O Segredo do Rosário" São Luiz M. Grignion de Montfort

Nenhum comentário:

Postar um comentário