terça-feira, 17 de julho de 2012

Santa Bernadette - Modesdia e Santidade



"Quando toca o meio-dia, Bernadette ajoelha-se para rezar o Angelus, depois tira a tampa da cestinha e vai estendendo o toucinho sobre o pão de centeio...a tarde ficava parecendo longa, Bernadette esgaravata o chão a cata de pedrinhas. Logo que conseguiu juntar um bom montezinho delas, sai à procura de um local plano para aí construir um altarzinho à Virgem: trabalho de paciência, pois falta o cimento. Mas Bernadette é habilidosa. Uma cruz feita de dois gravetos encima-lhe a construção. Só falta encontrar flores para orná-la. Puxa então do bolso o terço, que vai desfiando conta após conta diante do altarzinho mal seguro.
É assim que durante seus dias de solidão vai procurando uma companheira divina com quem possa comunicar seus pensamentos infantis."
(A humilde Santa Bernadette - Colette Yves)

Nenhum comentário:

Postar um comentário