quinta-feira, 21 de junho de 2012

Trigésima-Quarta Rosa - Simon de Montfort, Alano de Lanvallay e Otéro




Simon de Montfort, Alano de Lanvallay e Otéro

É quase impossível acreditar nas vitórias que o Conde de Simon de Montfort venceu contra os albigenses sob a proteção de Nossa Senhora do Rosário. Estas vitórias foram tão famosas que o mundo ainda não viu nada igual. Um dia ele venceu dez mil hereges com uma tropa de quinhentos homens e numa outra ocasião, venceu três mil com apenas trinta homens. Por fim, com oitocentos cavaleiros e mil homens de infantaria, ele expulsou o exército do Reis de Aragão que era composto de cem mil homens fortes, sendo que de seu lado perdera somente um cavaleiro e oito soldados!

Nossa Senhora também protegeu Alano de Lanvallay, um nobre bretão, de grandes perigos. Ele também estava a lutar pela fé contra os albigenses. Um dia quando se viu envolto por todos os lados pelos inimigos, Nossa Senhora deixou cair cento e cinquenta rochas sobre os inimigos e ele foi liberto de suas mãos. Outra vez, quando seu navio estava se afundando, e iria naufragar, a Santíssima Mãe fez surgir cento e cinquenta pequenas colinas sobre a água pelas quais ele conseguiu chegar á Bretanha com segurança.

Ele ergueu um mosteiro em Dinan para os religiosos de São Domingos, em ação de graças a Nossa Senhora por todos os milagres que ela operou a seu favor em resposta pela reza de seu Rosário diário. Ele tornou-se um religioso e morreu santamente em Orleans.

Otero era outro soldado bretão, de Vaucouleurs, que geralmente punha em fuga grupos inteiros de hereges ou ladrões sem qualquer ajuda, somente usando seu Rosário no braço ou no punho da espada. Uma vez, após tê-los combatido e vencido, seus inimigos admitiram que eles tinham visto sua espada brilhar e que outra vez tinha percebido que havia um escudo no braço, que tinha imagens de Nosso SENHOR e Nossa Senhora e dos santos. E este escudo o tornava invisível e lhe dava forças para atacar melhor.

Uma outra vez, ele venceu vinte mil hereges com apenas dez companhias sem perder um só soldado. Isto impressionou tanto o general do exército vencido que o próprio veio depois se encontrar com Otero; renunciou à heresia e declarou publicamente que ele o viu coberto de espadas de fogo durante o combate.


38º Capitulo - Extraído do Livro "O Segredo do Rosário" São Luiz M. Grignion de Montfort

Nenhum comentário:

Postar um comentário