sexta-feira, 6 de julho de 2012

Trigésima-Sétima Rosa - A Reforma de um Mosteiro




A Reforma de um Mosteiro

Um nobre, que tinha muitas filhas, colocou uma num mosteiro totalmente negligente, onde as freiras eram vaidosas e pensavam em nada mais que os prazeres mundanos. O confessor das freiras, por outro lado, era um padre zeloso que tinha um grande amor pelo Santo Rosário. A fim de guiar estra freira a uma vida melhor, ordenou que ela rezasse o Rosário todo dia em honra a Santíssima Virgem e, ao mesmo tempo, meditasse na vida, paixão e glória de JESUS.

Ela alegremente incumbiu-se de rezar o Rosário e, pouco a pouco passou a detestar os hábitos caprichosos de suas irmãs de religião. Desenvolveu um amor pelo silêncio, e pela oração apesar do fato das outras a terem rejeitado e ridicularizado, chamando-a de uma fanática.

Naqueles dias, um santo pregador chegou de visita ao mosteiro e, enquanto meditava, teve uma estranha visão de uma freira em sua cela, embevecida em oração, ajoelhada em frente a uma Senhora de indescritível beleza e rodeada de Anjos. Estes tinham flechas acesas, que com as quais repeliam uma multidão de demônios que queriam entrar. Estes espíritos malignos então correram para as celas das outras freiras, em forma de animais imundos.

Através desta visão, o sacerdote se tornou ciente do lamentável estado em que se encontrava o mosteiro e ficou extremamente chateado que quase morreu de pesar. Ele imediatamente reuniu as religiosas mais novas e pediu que perseverassem.

Refletindo logo sobre a excelência do Rosário, decidiu tentar reformar as irmãs através dele. Adquiriu vários Rosários de rara beleza e os deu a cada freira, implorando que rezassem o Rosário todo dia, e fez mais, pediu que prometessem isto, que se elas o fizessem de maneira fiel, ele não iria tentar forçá-las a mudar seu estilo de vida. Por mais estranho que pareça, porém, maravilhosamente, as freiras concordaram com este acordo e ficaram felizes ao receberem os rosários e prometeram rezá-los.

Pouco a pouco, elas começaram a deixar suas ocupações vazias e mundanas, deixando que o silêncio e o recolhimento viessem para suas vidas. Em menos de um ano, elas todas pediram que o mosteiro fosse reformado.
Assim o Santo Rosário fez mais mudanças em seus corações que o sacerdote teria feito através da exortação e autoridade.


41º Capitulo - Extraído do Livro "O Segredo do Rosário" São Luiz M. Grignion de Montfort

Nenhum comentário:

Postar um comentário