quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Homens, confessem-se agora mesmo!

Diocese nos Estados Unidos reage a “crise da masculinidade” e lança campanha para chamar os homens de volta aos lares e à vida da Igreja


National Catholic Register | Equipe CNP: É o apelo de um bispo dos Estados Unidos, que iniciou em setembro de 2015 um movimento para trazer os homens de volta à vida da Igreja e encorajá-los a responderem ao seu chamado de pais, esposos, filhos e irmãos.
A iniciativa de Thomas Olmsted, bispo da cidade de Phoenix, no Arizona, deu origem a uma exortação apostólica intitulada Into the Breach (“Na Brecha”, lit.), que convoca os homens à batalha espiritual que acontece todos os dias à sua volta, desde as suas casas e paróquias até os seus ambientes de trabalho e de estudo.
“Para mim, trata-se simplesmente de um chamado para a ação”, comenta Steven Pettit, de uma organização de homens leigos de Phoenix. “Os homens raramente escutam essa mensagem nas homilias e, muitas vezes, eles não acreditam que a Missa seja para eles. Esse é, portanto, um chamado para eles acordarem. O bispo de Phoenix está falando com cada homem: ‘Você tem que se envolver, e aqui estão as razões, aqui estão as coisas que você é chamado a fazer como homem’.”
O alcance do documento ultrapassa as fronteiras do Arizona. Várias dioceses nos Estados Unidos já estão criando grupos de oração masculinos para se ajudarem na vivência da fé cristã, a partir das linhas da exortação. Além disso, a mensagem já foi traduzida para várias línguas, como o alemão, o francês, o espanhol e também o português.
Também foi realizado um pequeno vídeo de promoção do documento, intitulado A Call to Battle (“Um Chamado para o Combate”, lit.), que pode ser assistido abaixo, com legendas em português:
YouTube
Uma das “brechas” que essa verdadeira campanha de evangelização tenta conter é a perda da fé católica entre as famílias e a falta de participação dos homens nos sacramentos. “O mundo está sob o ataque de Satanás”, adverte Thomas Olmsted. “Muitos homens católicos não estão dispostos a ‘permanecer firmes na brecha’. Um terço deixou a fé e muitos dos que ainda são ‘católicos’ praticam a fé com timidez e sem o mínimo compromisso de transmitir a fé aos seus filhos”.
Para reverter esse quadro, a diocese de Phoenix aposta na doutrina católica de sempre, em contraposição às seduções do mundo moderno, bem como no valor da paternidade, considerado essencial para todo homem. “Para viver plenamente, todo homem deve ser um pai!”, diz a exortação.
O documento propõe ainda alguns hábitos para o homem católico, como o de rezar todos os dias, fazer um exame de consciência diário, ler as Sagradas Escrituras, participar mais frequentemente da Santa Missa e confessar-se regularmente. Constatando que “grandes quantidades de homens católicos estão em grave perigo mortal como consequência dos níveis epidêmicos de consumo de pornografia e do pecado da masturbação”, o bispo Olmsted faz um apelo: ” Meus irmãos, confessem-se agora mesmo! Nosso Senhor Jesus Cristo é um Rei misericordioso que perdoará aqueles que humildemente confessam os seus pecados, mas não perdoará aqueles que se recusam. Abram suas almas ao dom de sua misericórdia!”
YouTube
Para ler a exortação Into the Breach na íntegra em inglês, é só clicar neste link.
Publicado originalmente: Com informações de National Catholic Register | Por Equipe CNP

Nenhum comentário:

Postar um comentário