quinta-feira, 16 de abril de 2020

Catecismo Ilustrado - Parte 57 - A Oração Dominical - A Ave Maria




Catecismo Ilustrado - Parte 57

A Oração

A Saudação Angélica

Explicação da gravura
1. A gravura trata da saudação angélica, chamada Ave Maria, porque principia por estas palavras. Chama-se saudação angélica porque as primeiras palavras referem-se à saudação que o Arcanjo Gabriel dirigiu à Virgem de Nazaré, quando foi mandado por Deus, anunciar-lhe o mistério da Encarnação.

2. Essas palavras são: "Ave Maria, cheia de Graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres."

3. As outras palavras são parte de Santa Isabel, parte da Igreja. - As de Santa Isabel são: "Bendito é o fruto do vosso ventre", dirigidas a Nossa Senhora quando foi visitar Santa Isabel, sua prima. - As palavras da Igreja são: "...Jesus, Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Assim seja".

4. A oração principia pela saudação Ave Maria, para testemunhar-lhe o nosso profundo respeito, chamando-lhe Senhora e Rainha, que significam o nome de Maria. - Estas palavras estão representadas na gravura pela Anunciação do Anjo.

5. Chamamos a Maria cheia de Graça, porque, havendo de ser Mãe de Deus, foi enriquecida de todas as graças que convêm a uma pura criatura. - Palavras representadas na gravura pela Imaculada Conceição.

6. Dizemos "O Senhor é convosco", para significar que o Senhor esteve sempre com a Virgem desde o princípio da sua conceição; e por isso foi isenta de toda a culpa tanto original como atual. - Palavras representadas pela Virgem  tendo ao colo Nosso Senhor.

7. "Bendita sois vós entre as mulheres" - quer dizer que a Virgem foi cumulada de maiores graças que qualquer outra criatura. Foi, com efeito, preservada da culpa original; foi Mãe de Deus sempre Virgem; foi a criatura mais santa e mais agradável a Deus por todas as suas virtudes. (Depois da alma de Jesus Cristo). - Palavras representadas por Maria no meio de mulheres e mais elevada do que todas elas.
8. "Bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus," quer dizer que assim como o seu divino Filho é bendito acima de todas as coisas, assim também Maria, como Mãe sua, é bendita  entre todas as criaturas tanto na terra, como no Céu, - Palavras representadas na gravura pela Visitação de Nossa Senhora a Santa Isabel, e pela Virgem com o menino Jesus ao colo e, ao seus pés, São João Batista.

9. Dizemos "Santa Maria Mãe de Deus", afim de que Nossa Senhora se interesse naquilo que lhe pedimos, lembra-nos a Igreja que Ela é Mãe de Deus, isto é, que nada pode ser superior à sua intercessão. - Palavras representadas por Maria coroada no Céu Rainha dos Anjos e dos homens.

10. Acrescentamos: "Rogai por nós  percadores", para movê-l'A à piedade para conosco, que somos miseráveis pelo pecado. - Palavras representadas por Maria ajoelhada diante de Jesus Cristo e rogando por nós.

11. Dizemos: "Agora e na hora de nossa morte", porque sempre temos necessidade do seu auxílio, especialmente na hora da nossa morte, em que o combate é perigosíssimo. - Palavras representadas pela Virgem aparecendo a um moribundo.

12. Devemos tributar à Virgem Maria respeito profundo e terna confiança, porque é Mãe do Salvador e Mãe nossa, Rainha dos Anjos e dos homens, e a mais santa das criaturas.

13. Devemos, pois, invocá-la muitas vezes, pedindo-lhe a sua proteção, celebrar as suas festas com piedade filial, e fazer diligência por imitar as suas virtudes.


Índice das sessenta e oito gravuras


Sumário

1.- Introdução

O Símbolo dos Apóstolos


2.- A Santíssima Trindade
3.- A Criação
4.- Incarnação - Transfiguração
5.- Incarnação - Anunciação
6.- A Natividade
7.- A Redenção
8.- A descida aos Infernos
9.- A Ressurreição
10.- A Ascensão
11.- Jesus Cristo à direita de Deus Pai
12.- Juízo Final
13.- Pentecostes
14.- A Igreja
15.- A Comunicação dos Santos
16.- A Remissão dos pecados
17.- A Ressurreição da carne
18.- O Paraíso
19.- O Inferno

Os Sacramentos

20.- A Graça
21.- O Baptismo
22.- A Eucaristia
23.- A Confirmação
24.- A Penitência
25.- A Extrema-Unção
26.- A Ordem
27.- O Matrimônio

Os Mandamentos


28.- Os mandamentos da lei de Deus


29.- 1º Mandamento de Deus: Adorar a um só Deus e amá-Lo sobre todas as coisas


30.- 1º Mandamento (continuação): Adorar a um só Deus e amá-Lo sobre todas as coisas


31.- 2º Mandamento de Deus: Não invocar o Santo Nome de Deus em vão


32.- 2º Mandamento de Deus (continuação): Não invocar o Santo Nome de Deus em vão


33.- 2º Mandamento de Deus (continuação): Não invocar o Santo Nome de Deus em vão


34.- 3º Mandamento de Deus: Santificar os Domingos e Festas de preceito


35.- 3º Mandamento de Deus (continuação): Santificar os Domingos e as Festas de preceito

36.- 4º Mandamento de Deus: Honrar pai e mãe


37- 4º Mandamento de Deus: Honrar pai e mãe


38.- 4º Mandamento de Deus: Honrar pai e mãe

39.- 4º Mandamento de Deus: Honrar pai e mãe

40.- 5º Mandamento de Deus: Não Matar

41.- 5º Mandamento de Deus: Não Matar

42.- 5º Mandamento de Deus: Não Matar

43.- 6º Mandamento de Deus: Guardar a Castidade

44.- 7º Mandamento de Deus: Não furtar

45.- 7º Mandamento de Deus: Não furtar (continuação)

46.- 8º Mandamento de Deus: 8º Mandamento de Deus: Não levantar falso testemunho

47.- 8º Mandamento de Deus: 8º Mandamento de Deus: Não levantar falso testemunho

49.- 8º Mandamento de Deus: 8º Mandamento de Deus: Não levantar falso testemunho

50.- 8º Mandamento de Deus: 9º Mandamento de Deus: Não desejar a mulher do próximo


51 - 10º Mandamento de Deus: Não cobiçar as coisas alheias


52.- Os Mandamentos da Igreja - 1º Mandamento da Igreja: Ouvir Missa inteira nos domingos e dias de guarda


53.- Os Mandamentos da Igreja - 2º Mandamento da Igreja: Confessar-se ao menos uma vez cada ano - 3º Mandamento da Igreja: Comungar pela Páscoa da Ressurreição


54.- Os Mandamentos da Igreja - 4º Mandamento da Igreja: Jejuar quando manda a Igreja - 5º Mandamento da Igreja: Não comer carne nas sextas-feiras e nos sábados


Diversos

55.- A Oração
56 - A Oração Dominical - O Pai Nosso
57.- Ave Maria
57.- Os Novíssimos do homem
58.- A Morte
59.- O Juízo
60.- O pecado original
61.- Os pecados capitais
62.- Os pecados capitais
63.- Os pecados capitais
64.- As Virtudes teologais
65.- As Virtudes cardeais
66.- As Virtudes evangélicas
67.- As obras corporais de misericórdia
68.- As obras espirituais de misericórdia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...